sexta-feira, 20 de março de 2009

POLICIA PODRE


A coisa mais bizzaro que leio, ou melhor que sou obrigado a ler, é aquela máxima que diz que apenas uma minoria dos componentes da Policia Militar e Civil é podre é desonesta e corrupta. Ora façam me o favor, qualquer débil mental, dona de casa, sociólogo ou cidadão, sabe que de 65 a 70% da nossa policia é podre é irrecuperável, e não é preciso pesquisar isto, basta olhar o noticiário do nosso dia a dia, e ver ex-chefe de Policia preso, ex-secretário de segurança publica preso, policiais envolvidos com grupos de extermínio, agora temos a tal de milícia em evidencia, tempos atrás era com o jogo do bicho, com a corrupção e coisa e tal, o que não falta é policiais envolvidos com algum tipo de maracutaia são tantos os casos que ninguém nem ligar, passou a ser fato comum , há tá, sempre tem um idiota que vem e diz - mais isto é muito pouco perto de um contingente de 20, 30 mil homens da militar e da civil. É muito fácil derrubar está teoria, o sujeito entra na policia do Rio por exemplo, com que intuito? será que ele entra sabendo que vai receber um salário ridículo para por em risco todos os dias a sua vida, a resposta é sim, ele entra na corporação sabendo deste risco, assim como sabe que o retorno financeiro será algo espetacular, grandioso, ele sabe que tem a chance real de tirar o pé da lama em que sempre esteve em volta, seja através do status que o cargo de policia proporciona para assim poder adquirir um certo poder junto a sociedade proporcionando assim que arrume outros 'vários' empregos, sem falar na chance real de se associar ao tráfico sem despertar grandes suspeitas, e lógico a todo tipo de safadeza que eles sempre estão metidos, é por estas e outras que a possibilidade de entrar na corporação é sem duvida nenhuma um momento único na vida de qualquer mal carater que almeje se dar bem na vida. Não se trata apenas de uma questão moral e sim de necessidade , assim pedir honestidade, honra e moral a um policial, beira ao imoral de tão ridículo.

Não se trata de banalizar a figura publica da policia junto a sociedade, se trata de falar do real, do que é, sem hipocrisia, sem cegueira, sem idiotismo, sem idealismo nem discursos demagógico, a nossa policia é sim uma policia corrupta, imoral desgraçada mesmo, e só quem não vê, é quem dela tira algum tipo de proveito no sentido ilícito do termo.