quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

RIDÍCULO

Um filosofo afirmou certa vez 'que com o passar do tempo, a vida, tudo tende a se tornar ridículo', não sei se era exatamente estas as palavras mais era por aí. Então vamos lá: A pobreza de nossa indignação está a cada dia mais ridícula; a nossa moralidade, o excesso de nossa aparente moral está cada vez mais ridícula; a nossa obsessão em torno de falsas verdades está cada dia mais ridícula; o nosso 'jeitinho' é ridículo; o nosso bairrismo é por demais ridículo; o nosso interesse por celebridade, o exagero disto é ridículo; a nossa honestidade, às vezes é sim ridícula; a sony ericsson é uma empresa ridícula; o nosso analfabetismo é ridículo; a nossa paciência em torno de demagogo e corruptos é ridícula, a nossa omissão diária é ridiculamente ridícula; a nossa ausência de 'razão' é ridículo; a covardia em torno de nosso conformismo é ridículo; o nosso comodismo é ridículo; a nossa mentira existencial está cada vez mais ridícula; a nossa vergonha de chorar, de chorar em publico é ridículo; a falsidade em nossa alegria é ridícula; a nossa tristeza, o exagero desta tristeza é ridículo. É verdade a nossa vidinha está se tornando alga cada vez mais ridículo, talvez vem daí o fato de acharmos ela -a vida - algo tão maravilhoso. Maravilhosamente ridícula.