segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

QUEM É O SÁBIO, QUEM FORMULA A PERGUNTA OU QUEM TENTA RESPONDER?

O antropólogo francês, digo brasilianista-indiginista-francês, Claude Levi-Strauss disse certa vez que: - o sábio não é o homem que fornece as verdadeiras respostas, e sim quem faz as verdadeiras perguntas. Eu adoraria ter argumentos para desmentir esta frase, pelo menos assim eu daria sustentação a minha eterna condição de contestador, mesmo porque eu adoro desmentir, ou procurar uma versão que conteste ao da predominante. Mais neste caso especifico, sou forçado a admitir a veracidade da frase do antropólogo, por um simples motivo, a pergunta é sempre una, enquanto a resposta, pode ter vários significados, quer dizer a mesma pergunta pode proporcionar vários respostas diferente entre si, e com igual capacidade de agradar a gregos e troianos, sem que isto altere seu significado. Por exemplo: Deus existe? Esta pergunta é una, mais a resposta pode ser várias dependendo do país, religião, e etc e cada resposta tem seu grau de veracidade, respeitabilidade, no entanto são tão estranha entre si, que muitos preferem ter seu próprio conceito, é o que se chama de liberdade de pensamento(acho que não fui claro, mais tudo bem vamos em frente), bem a pergunta Deus existe? foi formulada por alguém, por um sábio, pois somente alguém dotado de extrema sabedoria seria capaz de formular tal questionamento e joga-lo no ar, que poderia ser outra pergunta com o mesmo grau de inteligência. O interessante de se ter uma resposta para tudo, é que podemos, sempre comprovar in loco, o quanto somos bobo, afinal qualquer resposta por mais verdadeira que aparenta, é no fim, somente um ponto de vista, nada mais.