terça-feira, 23 de dezembro de 2008

ONDE AS RUAS NÃO TEM NOME


Este 'post' bem que poderia se chamar heróis impostos, porque é assim a denominação que mais condiz com a breve lista de nossos heróis tupiniquim, não é assim com Tiradentes, Zumbi dos Palmares entre outros, são heróis discutíveis que teve que ter ajuda federal para nos fazer lembrar que eles realmente existirem, do que eles fizeram, foram, tudo imposto pela nossa famosa lei de feriados nacionais, estaduais... A verdade é que não existe herói genuinamente brasileiro, aquela pessoa que nos faz orgulhar de ser brasileiro, uma referencia nacional, pois sempre que aparece um nome ao posto, aparece logo em seguida centenas para destronar.´Não sei , os motivos são vários, pode ser que esteja diretamente ligado a nossa breve história, aquela coisa de país jovem e coita e tal, ou seria o analfabetismo a raiz de toda a nossa orfandade.

Esta semana completa 20 anos da morte do seringueiro Chico Mendes, que se transformou em ícone da causa verde,dos ambientalistas, é certo que este reconhecimento é mais lá fora que propriamente aqui em nosso longo território, aqui não existem sequer estudos, debates, documentários, fórum universitários, livros ou algo assim que represente a importância da figura Chico Mendes (existir , até existe mais é tudo muito irrisório)necessária em um país coberto de
verde e e alienação.Não que eu seja defensor da causa verde, pois para mim a preservação de nossas florestas é algo puramente educacional, a questão é a total alienação do nosso povo, nosso, o completo alheamento sobre a vida de pessoas que fazem, ou fizera de seus nomes, de suas atitudes o grande ideal de suas vidas, falando melhor, a ausência, o reconhecimento, o nosso reconhecimento para com aqueles que dão, deram a sua vidas em troca de uma causa, de um ideal, de valorizar e defender a nossa causa Brasil. Nós não temos heróis não é por falta de nome, de bons nomes mais sim pelo fato da total inexistência desta percepção, de que todo pais com um mínimo de historia, precisa de uma referencia, de uma figura que representa uma luta, um ideal, uma nação, uma causa. Em qualquer outro país os Guerrilheiros do Araguaia- só para citar o exemplo mais próximo - teriam virados heróis, ídolos, mais aqui virou motivo de deboche de nossas autoridades , pura omissão mesmo.

O Brasil não tem heróis, nos não temos herói e com isto não temos historia, não temos brio, não temos atitudes, responsabilidades com nossa sociedade, comunidade, tudo isto vem da ausência de orgulho, de honra, é por isto que somos uma nação abandonada, empoeirada, esquecida na ordem mundial, um lugar inóspito, um lugar obscuro, um lugar onde não existem valentia, dignidade, um lugar 'onde as ruas não tem nome'.
www.centrovirtualgoeldi.com/ FOTO FONTE