quarta-feira, 5 de novembro de 2008

A HISTORIA BANAL

Há várias definições para historia, uma delas diz que é "a sequência de acontecimentos que marcaram uma fase da vida de um povo, de uma nação, estado, região etc", e é esta a definição a que me refiro, pois se ela tem sentido, se tem coerência, podemos afirmar que o próprio conceito de historia é muito, assim...simplório, e o tipo de palavra que o nome tem mais realce, mais importância, ou aparenta ter mais relevância, que propriamente seu significado, e por este lado fica fácil diagnosticarmos que a historia é banal e irrelevante por que não se trata de algo universal, uma vez que a história do mundo ocidental é tratado como um equivoco por aquele que não fazem parte de tal mundo e vice-versa. Por esta linha a importância de algo histórico tem mais haver com o lugar o momento em que ela aconteceu do que propriamente a importância real que ela tenha ou pensa que tenha . Nós não temos uma história uniforme, que possa ser compartilhada por toda a humanidade, algo que pudesse representar a história em comum em torno do homem, por exemplo. E aquela coisas que poderia representar a historia, como a criação do homem, do universo, está historia ninguém conta, portanto não pode ser compartilhada como pertencente a historia, já que sequer sabemos se realmente aconteceu e como aconteceu. O que quero dizer, por mais inverossímil que seja, é o seguinte:a historia é pautada por coisas banais onde a evolução humana é responsável única e exclusivamente por tudo de nobre de importante que acontece e a historia só serve para realçar, para nos lembrar o quanto estamos em constante desenvolvimento em evolução. Este 'post', pode ser considerado algo histórico.... de tão banal.