quinta-feira, 2 de outubro de 2008

ACERCA DA VERDADE E DA MENTIRA

É incrível a capacidade que a sociedade tem de nos impor "certas verdades", no intuito tão somente de nos fazermos iguais. Somos obrigados a mentir para os nossos filhos para que eles não sejam discriminado na escola, somos obrigados a falar sempre a verdade, mesmo quando esta verdade seja tão somente um estorvo, somos obrigados a nos silenciar contra a nossa própria vontade, tudo em pró da verdade da maioria, somos obrigados a ver o que não queremos ver, em ouvir o que não queremos ouvir, em compartilhar o que não queremos compartilhar, somos obrigados a acreditar em pessoas tão somente porque a maioria acredita, somos obrigados a ser o que nunca quisemos ser. E esta sociedade, esta civilização - que mais parece uma prisão - nos impõem um preço. O preço da ignorância suprema.