quinta-feira, 18 de setembro de 2008

ORGANIZAÇÕES NÃO - GOVERNAMENTAIS

As atuações das ONGs no Brasil, são diversas, pode ir da defesas das florestas até os que trabalham com meninos e meninas de rua no centro de São Paulo. Algumas delas tem ação global, como é caso do GREENPEACE e da WWF, voltadas ao meio ambiente. No entanto já na década de 90 estas organizações começaram a atuar de forma compartilhada com o Estado na execução de politicas públicas. Para aqueles que tem a seriedade como lema, o saldo é extramente positivo, todos ganham, o governo que tem suas obrigações suavizadas e o país como um todo. O problema é que muitas destas organizações não-governamentais, ou senão a maioria, tem usados os recursos advindo de doações do Estado, políticos, e da iniciativa privada, para fins obscuros, em alguns casos até mesmo para lavagem de dinheiro sujo. Os casos mais escandalosos estão naquelas ONGs, que atuam distante dos olhos público, como os índios , florestas amazónica, e a população marginalizada. A necessidade de um órgão fiscalizador, é importante no sentido de se preservar a seriedade daquelas ONGs que lutam bravamente para fazer desta país, um lugar mais justo e melhor para se viver.