quarta-feira, 17 de setembro de 2008

EDUCAÇÃO - Parte IV

Tenho recebido muitos e-mail do Rio de Janeiro elogiando o conteúdo 'pragmático' do blog. Não por acaso a quantidade de usuários do blog, disparou após a postagem do artigo 'PLANETA CHINA'. Esta semana temos mais um belo exemplo da constatação daqueles que fazem deste site-blog um sucesso, ontem foi divulgado o resultado da pesquisa do Ibope encomendada pelo projeto EDUCAR PARA CRESCER, segundo o qual, "no total, só 11% dos entrevistados consideraram que a educação é o principal problema do país, deixando o tema em quarto lugar na lista de prioridade ao lado da saúde. O levantamento ouviu mil pessoas de l6 a 69 anos, de todos as classes sociais, em nove regiões metropolitanas, incluindo Rio e São Paulo. Apesar de 69% acharem que a educação deve ser uma das prioridades de investimento do governo, 68% declararam não saber o que a prefeitura está fazendo na área educacional. A pesquisa também identificou, que o brasileiro não, chama para si a responsabilidade pela qualidade do ensino no país, tampouco participa ou se sente motivado a contribuir para a sua melhoria. Segundo o levantamento do Ibope 63% da população declara não fazer nada pela educação do país. enquanto apenas 11% dizem ser ou ter sido voluntário na escola. E nada menos do que 71% se dizem satisfeito com a qualidade do ensino. A maioria também aprova a escola do filho, atribuindo -de 0 a 10 - nota 7 como média. Segundo a pesquisa, o alto grau de satisfação é fruto do 'do desconhecimento dos principais problemas da educação'"(Como se vê, o resultado da pesquisa apenas abonou, o que eu tenho dito em meus inúmeros artigos relacionados a educação de uma forma geral)