quarta-feira, 6 de agosto de 2008

A VERDADEIRA OPINIÃO PUBLICA

As vezes eu fico pensando, afinal de qual opinião pública a mídia se refere, principalmente a mídia impressa -, porque a nossa mídia usa muito este termo para designar algo que os deputados por exemplo temem, ou seja a mídia costuma propagar, afirmar, que por causa da repercussão negativa junto a opinião pública os deputados costumam reavaliar, mesmo a mudar suas opiniões, seus projetos, em alguns casos ele chegam mesmo a retirar um determinado projeto de pauta, tudo isto, com receio da tal opinião pública. Será que está opinião pública pela qual a mídia se refere, seria ela mesma, a própria mídia, ou seria aqueles duzentos e poucos gatos pingados, que todo dia manda e-mail, indignado com tudo de ruim que acontece no país. A proposito se um português desembarcar hoje no Brasil, e decidir dar uma olhada na seção de cartas de um grande jornal, com certeza ele achará que estamos a beira de uma revolução de proporções inimaginável, tamanha é a indignação dos brasileiros. No entanto , qualquer idiota é capaz de connstatar que isto é na verdade nada mais que o passar de tempo de uma elite totalmente acomodada e ao mesmo tempo indignada com sua própria condição perante a sociedade, e pelo obvio da situação deve se constatar também que esta eliete se preocupa de verdade em proteger e deixar evidente sua existência. Será então a nossa elite quem alimenta a tal da opinião pública dita pela imprensa. Dito isto, algo se torna compreensivel, quando a imprensa afirma que os deputados temem a opinião pública, deve-se entender neste caso que os deputados tem medo na verdade é da reação que vem desta elite, e logicamente do dinheiro que vem desta elite, dinheiro este que alimenta as doações eleitorais, deve-se entender também a "opinião" pessoal da tal imprensa, nunca a pública, nunca a verdadeira opinião pública, porque esta só pode ser detectada nas pesquisas do Ibope
(por exemplo), portanto quando uma pesquisa constata que a aprovação do governo Lula estar em 52%(por exemplo), deve-se entender que o povo brasileiro aprova o governo Lula em 52%, a opinião pública só tem uma, e ela vem do povo brasileiro, neste caso e totalmente fora do contexto a opinião pública que a imprensa quer deixar transparecer, não se pode brincar com o bom senso do povo brasileiro. Quando eu afirmei anteriormente que as vezes a opinião pública é indiferente ao falso e ao verdadeiro, e que portanto cabe a este mesmo bon senso, achar o que há de verdadeiro nela, isto só vem a reafirmar a minha opinião, e poem em contradição, em dúvida a opinião da mídia, e isto fica claro no exemplo que mencionei sobre a aprovação do governo Lula, porque neste caso fica evidente a indiferença - diante das evidência de corrupção que assola o governo atual - da opinião pública neste e em outros casos. Não estou , porém, menosprezando a tal da opinião pública propagada pela imprensa, mesmo porque os deputados não tem medo da verdadeira opinião pública que vem da opinião do povo - sobre isto falarei em outra oportunidadee, a minha intenção é alertar, que quando se tenta manipular o povo, o pensamento a forma de pensar, de se decidir, enfim, corre-se o risco de se cair em descrédito e prejudicar com isto, aqueles que lutam ou sonham por uma imprensa etica e coerente com sua representatividade de que tanto o Brasil precisa, independente se o público desta imprensa é destinada a classe A, B ou D.-------http://xambioa.blogspot.com------